A lei da atração



Há algum tempo a lei da atração se consolidou como uma força determinante em nossas vidas. Afinal, se somos atraídos e atraímos o que pensamos, a lei da atração exerce um papel fundamental em nossas conquistas – e também em nossas derrotas.

Após o filme O segredo, a lei da atração passou a ser praticada por muitas pessoas. Entretanto, nem todas elas conquistaram o que desejavam, apesar de manterem seus pensamentos focados em seus desejos.

Então, o que estava saindo de errado?

O que não funciona

Quando damos muita ênfase ao que desejamos, não passamos uma imagem clara do Universo que queremos algo. Quando pensamos: “quero um carro novo, quero um carro novo, quero um carro novo” nossos pensamentos estão no nosso objeto de desejo, mas nossos sentimentos e emoções estão no carro novo que ainda não temos.

Focar naquilo que desejamos conscientemente não ativa a lei da atração, pois não é a pensamentos que ela se conecta, mas a vibrações.

Bob Proctor, apresentador e escritor motivacional, explica isso bem em alguns de seus vídeos.

Segundo ele, não existe nada parado no Universo. Tudo está vibrando, inclusive aquilo consideramos bastante sólido, como uma mesa, cadeira ou computador. Entretanto, o autor explica que, se olharmos bem de perto, poderemos ver as moléculas se mexendo, vibrando incansavelmente, transformando todos nós em fontes de vibração.

E é a essa vibração que a lei da atração irá se conectar. Portanto, a forma como vibramos será determinante para estabelecermos aquilo que o Universo nos dará de volta.

E como controlamos que tipo de vibração emitimos?

O controle da vibração que emitimos depende da nossa atitude mental.

É importante, aqui, nos lembrarmos de algo importante: nada acontece em nossas vidas sem que tenhamos o total controle disso. Podemos estar infelizes e insatisfeitos com os resultados que temos obtido, mas é muito importante termos a clareza de que nossa vida está sob o nosso controle.

E o controle maior está em nossa atitude mental.

De acordo com Napoleon Hill em seu livro A Chave Mestra das riquezas, “todas as riquezas – sejam quais forem suas naturezas – começam como um estado de espírito, e um estado de espírito é a única coisa sobre a qual cada um tem um direito de controle inquestionável”.

E ele completa: “Uma atitude mental positiva é o ponto de partida para todas as riquezas, sejam elas de ordem material ou espiritual”.

Como desenvolver uma atitude mental positiva

Desenvolver uma atitude mental positiva pode parecer difícil diante de tudo que vivenciamos, vemos e lemos no nosso dia-a-dia. E é por isso que em nosso Manifesto Ho’oponopono por uma vida extraordinária sugerimos: escolha o que você lê e ouve. Alimente sua mente com leituras construtivas e escute áudios ou assista vídeos com mensagens positivas.

É extremamente necessário preenchermos nossos pensamentos com mensagens que nos empodere e que possam tomar o lugar daquilo que costumamos ouvir por aí: isso não vai dar certo, quem é você para achar que consegue, não é uma boa época para isso etc., etc., etc. A mensagem negativa é frequente em nosso mundo e precisa ser paralisada de alguma forma, para que não sejamos levados por ela.

A meditação Ho’oponopono e a atitude mental positiva

A meditação do Ho’oponopono também pode ser uma forte aliada para limpar as mensagens negativas que recebemos todos os dias.

Eu sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato

Meditar: eu sinto muito, me perdoe, eu te amo e sou grato nos auxilia a acalmar sensações ruins e a nos sentir mais fortalecidos. Repeti-la sempre que escutarmos uma mensagem negativa diante do que desejamos, permite que limpemos o que há em nós que gera essa mensagem no outro e nos dá mais confiança para seguirmos em frente. Além disso, deixamos de criar uma vibração de falta e criamos uma vibração de gratidão – gratidão pelo o que já temos e gratidão pelos presentes que o Universo ainda irá nos ofertar.

Outras ações

Napoleon Hill também tem outras sugestões para que possamos nos aproveitar da lei da atração e conquistar o que desejamos. Ele sugere que sempre tenhamos por escrito nosso propósito de vida e o que desejamos para, em seguida, escrevermos um plano de como alcança-lo. Aqui há um fator de grande importância para colocarmos a lei da atração atuando a nosso favor: a ação. Agir mostra que estamos dispostos a atuar com o Universo para conquistarmos o que desejamos, seja o que for que possamos fazer neste momento. O importante é começarmos imediatamente.

Por fim, Napoleon Hill afirma: esteja disposto a dar algo em troca para aquilo que você deseja conquistar. A lei da atração traz aquilo que vibramos e a lei da ação e reação nos garantirá receber aquilo que estivemos dispostos a dar. Quanto mais damos, mais conseguimos crédito no Universo e, eventualmente, seremos ressarcidos por isso (talvez não seja um ressarcimento imediato, mas, sim ele irá chegar).


145 visualizações

E-mail para contato: hooponopono.anjos@gmail.com