A última Lua Nova de 2016



Chegamos ao final de 2016 e já aguardamos um novo ano.

2017, entretanto, não é um ano comum. Ele é um ano 1 (2+0+1+7 = 10 = 1+0 = 1), ano que indica início de novas possibilidades, novos processos e uma nova vida.

É claro que nada disso tem sentido para aqueles que estiverem distraídos e desconectados com essa energia.

Entretanto, para aqueles que vivem de forma “desperta” as possibilidades que chegam com o ano 1 são enormes. Estamos falando de um novo ciclo que trará, durante 9 anos, resultados das escolhas que fizermos, dia após dia.

Para o Ho’oponopono somos 100% responsáveis por tudo que ocorre conosco e ao nosso redor. Somos, portanto, conscientes de que são nossas escolhas e nossos atos que irão gerar o que vivenciamos e observamos. Quando escolhemos limpar nossas memórias e agir nesse sentido, estamos modificando a realidade e, consequentemente, a pessoa que somos e nossas vidas.

E quando escolhemos realizar um ritual, estamos também agindo em direção ao que desejamos.

Rituais possibilitam que conectemos nossos pensamentos, nossos sentimentos e nossas emoções durante alguns poucos minutos, trazendo para a realidade o que conseguimos vibrar através da nossa fé. Além disso, movimentamos também a energia dos elementos da Natureza que escolhemos (ou no caso de rituais durante períodos lunares específicos, com a lua), o que nos conecta com a força do Universo.

Ritual para a última Lua Nova de 2016

O que precisaremos para este ritual:

- perguntas de avaliação do ano;

- papel e caneta;

- água azul solar, para aqueles que tiverem a oportunidade de prepara-la;

- elementos diversos que nos ajudem a nos conectar com bons sentimentos e sensações;

- tempo para nós mesmos (de preferência, dois dias).

Para a lua nova que chega, temos a oportunidade de realizarmos um forte ritual de manifestação para darmos um primeiro passo em direção ao que queremos conquistar neste novo ciclo. E atenção: isso significa que iremos manifestar também QUEM desejamos nos tornar durante esse processo.

Dia 1

Para dar início ao ritual, é importante que façamos o download de 28 perguntas para realizarmos uma autoanálise do ano que se passou e de nosso comportamento diante de diversas situações. As perguntas sugeridas aqui são as mesmas sugeridas por Napoleon Hill em seu livro Pense e Enriqueça, um material que não trata de rituais como o que será proposto aqui, mas que demonstra claramente a importância de agirmos sempre de forma consciente. As perguntas precisarão ser respondidas por escrito, mesmo que você não as imprima, pois iremos limpar as memórias ligadas às respostas. Se você sentir falta de mais alguma, fique tranquilo em acrescentá-la para o seu ritual. O importante é ter as respostas registradas por escrito.


Faça o download das perguntas aqui.

Após responder cada uma das perguntas, vamos limpar nossas memórias relacionadas a elas. Para cada pergunta cuja resposta não deixou você satisfeito, faça a meditação do Ho’oponopono diante dela. Diga em voz alta:

“Divino Criador, pai, mãe, filho em um...

Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais lhe ofenderam, à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos, palavras, atos e ações do início da nossa criação até o presente, nós pedimos o seu perdão.

Deixe isto limpar, purificar, liberar e cortar todas as lembranças, bloqueios, energias e vibrações negativas e transmute essas energias indesejáveis em pura luz...

E assim está feito.”

Repita quantas vezes você sentir necessidade para cada uma dessas respostas:

Eu sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.


Limpar as memórias que causaram resultados não satisfatórios é uma ação que podemos realizar sempre, não apenas na lua nova.

Guarde suas respostas e faça as limpezas diante delas sempre que você perceber que há algo que ainda não está como desejado ou que está dificultando que você realize o exercício do 2º dia.

Dia 2


Para o ritual de manifestação para a lua nova, ou seja, para aquilo que desejamos plantar para o próximo ano, faremos o mesmo exercício respondendo a cada uma dessas perguntas – mas dessa vez com as respostas que queremos dar no final do ano de 2017.

Para isso, é muito importante que estejamos sentindo o que estamos respondendo. Nosso objetivo é conectar nossos pensamentos – o que desejamos alcançar – ao nossos sentimentos e emoções.

Portanto, não devemos apenas escrever, pois não se trata apenas de um exercício de pensamento. A cada resposta dada é importantíssimo que haja um sentimento associado e a ele uma emoção.

Após refletir sobre 2016 e limpar as memórias que nos geraram esses resultados, estamos prontos para criar um novo 2017.

E para isso escreveremos nossas respostas como se fôssemos memórias de nós mesmos no futuro. O que EU escreveria sobre o meu ano de 2017? E como eu estaria me sentindo? Feliz, satisfeito? Ansioso e triste? Quais as emoções o ano despertou em mim: alegria e excitação ou angústia e medo?

Responda todas as perguntas novamente e associe sentimento e emoção a cada uma dessas respostas. Se você duvidar, será o sentimento de dúvida que será manifestado. Se você zombar de suas respostas, com certeza também isso será manifestado.

Entretanto, se você acreditar plenamente que o que você escreveu foi o que você viveu algo valiosíssimo irá ocorrer. Você irá vibrar fé, confiança e segurança. Suas emoções, seus pensamentos e seus sentimentos serão “lançados” para o mundo para entrar em ressonância com aquilo que você manifestou. Haverá um encontro de energias e elas logo serão manifestadas fisicamente. Além disso, a energia da Lua Nova estará presente para confirmar nossa vibração. Desde os tempos antigos a humanidade se volta para ela, a avó Lua e é com ela que controlavam os ciclos e se conectavam com aquilo que desejavam.

E é neste momento que devemos levar os elementos que irão nos remeter ao nosso ano – imagens, fotos, elementos da Natureza, como cristais, flores e ervas etc. É neste momento, enquanto registramos as “memórias” do ano que passou que devemos ter todas as ferramentas possíveis para torna-las ainda mais reais.

Este ritual tem como objetivo auxiliar todos vocês a entenderem que somente haverá transformação nas nossas vidas quando agirmos em direção ao que desejamos. E essa ação é ainda mais eficaz quando agimos inspirados, conectados com a Fonte Divina que há em cada um de nós.

Não espere nada de 2017. Cada ano traz apenas o que todos os anos nos trazem: dias para serem preenchidos com as nossas escolhas.

Portanto, o que desejo para todos é que a prática do Ho'oponopono se transforme em um hábito diário. Dessa forma, através da limpeza de memórias, nossa conexão com a Divindade aumenta e poderemos agir inspirados por ela - e ainda inspirar os que estão conosco.

Que suas escolhas façam de 2017 o melhor ano de suas vidas!

Muita luz!



9 visualizações

E-mail para contato: hooponopono.anjos@gmail.com